Top menu

Organização de Agricultura e Alimentação - FAO

FAO - Organização de Agricultura e Alimentação

Quem somos:

A Organização de Agricultura e Alimentação das Nações Unidas (FAO) foi fundada em 1945 com o mandato de elevar os níveis de nutrição e padrões de vida, para melhorar a produtividade agrícola e melhorar a condição das populações rurais. A FAO é a maior agência especializada no Sistema das Nações Unidas e a agência que lidera na agricultura, silvicultura, pesca e desenvolvimento rural. Organização intergovernamental, esta agência tem 191 Nações Membros e uma Organização Membro, a Comunidade Europeia. Os representantes de todos os países membros reúnem-se em cada dois anos na Conferência da FAO para rever o trabalho levado a cabo, e aprovar o Programa de Trabalho e Orçamento para o biénio seguinte.

A FAO está organizada em oito departamentos: Agricultura e Protecção do Consumidor; Desenvolvimento Social e Económico; Pesca e Aquacultura; Silvicultura; Recursos Humanos, Financeiros e Físicos; Conhecimento e Comunicação; Gestão de Recursos Naturais e Cooperação Técnica e Ambiental. Servindo tanto aos países desenvolvidos como aos países em vias de desenvolvimento, a FAO actua como um forum neutro onde todas as nações se reúnem como iguais para negociar acordos e debater políticas. A FAO é também uma fonte de conhecimento e informação ajudando países em vias de desenvolvimento e países em transição, a melhorar as práticas de agricultura, de silvicultura e da pesca e garantir a segurança alimentar e boa nutrição para todos.

O que fazemos:

A FAO tem uma longa tradição de intervenção em Moçambique que data de muitos anos, respondendo aos aspectos desenvolvidos a nivel global, regional e nacional. O seu Quadro Nacional de Prioridades a Médio Prazo de 2008-2012 é um pacote orientado à segurança alimentar e à redução da pobreza, de actividades baseadas em projectos e programas integrados que se podem fixar entre dois grupos amplos: Apoiando a colocação dos objectivos e princípios globais em políticas e programas nacionais (PARPA, PROAGRI, etc) e outras actividades normativas; respondendo às necessidades especificas do país (programas nacionais e actividades para os implementar) com ênfase no desenvolvimento da capacidade e introduzindo, testando e experimentando novas abordagens.

Baseado no mandato global da FAO e nas necessidades de segurança alimentar de Moçambique, a FAO em Moçambique tem cerca de 40 projectos diferentes em funcionamento, fornecendo assistência técnica nas seguintes áreas: Gestão Ambiental e de Recursos Naturais dedicada à Posse de Terra, Gestão da Água, Silvicultura e Fauna, Indústrias Pesqueiras, particularmente Industrias Pesqueiras de Pequena-Escala e uso Sustentável de Desenvolvimento Institucional de Pesticidas dedicado às Políticas, Legislação, Desenvolvimento Institucional, Formação e Capacitação; Fornecimento de Serviços Agrícolas dedicado à Produção de Alimentos, Extensão Agricola, Saúde Animal, Agricultura Animal, Sistemas Agrícolas, Comércio e Mercados; e matérias transversais tais como Emergência, Igualdade de Gênero, mitigação do HIV e SIDA, Segurança Alimentar e Nutrição (FSN) e Desenvolvimento Rural. A FAO apoia também a participação de Moçambique em muitas reuniões políticas e técnicas relativas às suas actividades normativas, para fixação de padrões sobre alimentos e agricultura e implementação de convenções internacionais para os quais a FAO assume a coordenação e/ou responsabilidades de secretaria.

Representante do País: Maria José Zimmermann

Para mais informações: Visite a página global da FAO no sitio Cooperação Técnica e o da FAO local no sitio www.fao.org/world/mozambique/index.html

Contacto:

Escritório em Maputo:

Rua de Mukumbura, Nr. 285 - Maputo, Mozambique

Tel: +258-21-491136; 490948, 490516

Fax: +258-21-491906; 491431

Email: fao-moz@fao.org