Top menu

Oportunidades de Emprego

Oportunidades de Emprego

Para oportunidades de trabalho com o sistema da ONU em Moçambique, contacte as agências da ONU específicas usando a informação de contactos listados na Pagina de Agências da ONU.

Para oportunidades de trabalho a nivel global com a ONU, visite a Página de Empregos da ONU e outras listas.

Consultant for Partnership for National Social Development Initiative (PNSDI)

Title: National Consultant – Social Protection

Contract Level/Type: SSA G /8

Duration: 11 months

Local: Maputo

Organization: WFP Mozambique

Closing Data: May 04, 2016

Analista de Monitoria e Avaliação

UNFPA, Fundo das Nações Unidas para População, é uma agência internacional de desenvolvimento que trabalha em prol de um mundo onde cada gravidez é desejada, cada parto é seguro e o potencial de cada jovem é realizado. O UNFPA solicita candidaturas de cidadãos moçambicanos qualificados e experientes para a seguinte vaga:

Posto # e título: SC/UNFPA/2016/001 – Título: Analista de Monitoria e Avaliação

Tipo de contrato, nível: Service Contract, nível SB-4

Local de Trabalho: Nampula, Mozambique

Duração: Sete meses e possibilidade de renovação dependendo do desempenho satisfactório e disponibilidade de fundos

Prazo da candidatura: 28 de Abril 2016

Analista Financeiro e Administrativo

UNFPA, Fundo das Nações Unidas para População, é uma agência internacional de desenvolvimento que trabalha em prol de um mundo onde cada gravidez é desejada, cada parto é seguro e o potencial de cada jovem é realizado. O UNFPA solicita candidaturas de cidadãos moçambicanos qualificados e experientes para a seguinte vaga:

Posto # e título: SC/UNFPA/2016/002 – Título: Analista Financeiro e Administrativo

Tipo de contrato, nível: Service Contract, nível SB-4

Local de Trabalho: Nampula, Mozambique

Duração: Sete meses e possibilidade de renovação dependendo do desempenho satisfactório e disponibilidade de fundos

Prazo da candidatura: 28 de Abril 2016

CONSULTORIA PARA A ELABORAÇÃO DO REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS NAS UNIDADES SANITÁRIAS E OUTROS ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE

1. CONTEXTO

A Direcção de Recursos Humanos (DRH) e a rede de Instituições de Formação do Ministério da Saúde são as entidades responsáveis pela formação dos técnicos de saúde do nível médio e básico no País. No último quinquénio, o crescimento quantitativo da formação de quadros de saúde da rede pública além do surgimento de instituições de ensino técnico profissional de saúde no sector privado tem condicionado uma maior solicitação e utilização dos campos de estágios nas cidades criando constrangimentos logísticos e de gestão em prejuízo da qualidade de formação.

Neste contexto, há necessidade de regular a utilização de estabelecimentos de saúde como locais de estágio incluindo a melhoria qualitativa e quantitativa dos tutores e supervisores de estágio, por forma a salvaguardar a qualidade do processo formativo que decorre nestes estabelecimentos, tendo em conta sempre os princípios da metodologia do ensino baseado em competências.

Assim sendo, devido a importância crucial da componente de estágios na qualidade da formação dos técnicos de saúde, a DRH, através do seu Departamento de Planificação e Desenvolvimento Curricular (DPDC), liderará o processo de elaboração de um Regulamento que oriente e facilite a gestão, organização e monitorização dos estágios nas Unidades Sanitárias e outros estabelecimentos de saúde em estreita relação com as Instituições de Formação respectivas.

Uma vez concluído o referido Regulamento de Estágios, será submetido para aprovação pelo S. Excia. Ministra da Saúde para a sua implementação a nível nacional.

Para a elaboração do citado Regulamento, o DPDC contratará pessoal de recurso da área específica, e levará a cabo as coordenações necessárias com as Direcções correspondentes: DNAM, DNSP, CNAM, entre outras.

New article

Posição: Oficial de Programa, ODM1c

Grade: SC-8

Tipo de Contrato: Contracto de Prestação de Serviços

Base: Chimoio

Duração: 12 meses (renovável)

National Professional Officer (Policy Support)

POSITION TITLE: National Professional Officer (Policy Support)

GRADE LEVEL: NO-D

DUTY STATION: Maputo-Mozambique

ORGANIZATIONAL UNIT: FAO Representation in Mozambique

DURATION: Fixed term: one year (with the possibility of extension)

National Project Officer

National Project Officer, NOA, Short Term contract until 31 December 2016 - (Ref. ILO NPO)

Consultor de Programa de Acção Social Produtiva (PASP)

Posição: Consultor p/Avaliação do Mecanismo de Pagamento em Dinheiro aos Programas de Protecção Social

Local da Posição: Maputo

Organização: PMA Moçambique

Data do fecho: 24 de Março de 2016

Consultor de Acção Social Directa (PASD)

Posição: Consultor p/Avaliação de transferência de alimentos através do mecanismo de uso de senhas do PASD.

Local da Posição: Maputo

Organização: PMA Moçambique

Data do fecho: 24 de Março de 2016

ASSISTÊNCIA TÉCNICA PARA O DESENVOLVIMENTO DE INSTRUMENTOS PARA FORMAÇÃO DOS UTILIZADORES DO MÓDULO DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO SOBRE AS MORTES MATERNAS

JUSTIFICATIVA

O MISAU, em colaboração com parceiros de cooperação, desenvolveu o novo Sistema de Informação de Saúde para a Monitoria e Avaliação (SIS-MA) tendo como base a plataforma genérica que responde pelo nome de District Health Information System (DHIS2). O principal objectivo do SIS-MA é apoiar a recolha, análise, interpretação, divulgação e uso de informação para monitoria e definição de estratégias de Saúde Pública em Moçambique.

Neste contexto, e sendo uma preocupação os dados sobre a mortalidade materna, a Organização Mundial da Saúde, no âmbito do projecto “Apoio ao Plano Nacional Integrado para ao Alcance dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio 4&5” apoiou ao MISAU através da DPC (Direcção de Planificação e Cooperação) e do Departamento de Saúde da Mulher e da Criança do MISAU no desenvolvimento de um módulo para recolha de informação gerada pelos comités de auditoria da morte materna e neonatal.

Este módulo foi desenvolvido usando a plataforma DHIS2 e integrado no SIS-MA. Está em curso o desenvolvimento de um plano de implementação que também inclui a capacitação dos futuros utilizadores deste módulo, assim como dos membros dos CMMPN. Neste contexto, há necessidade de desenvolver instrumentos de suporte ao processo de capacitação.